Dr. PEDRO DE SOUSA DEPUTADO DA NAÇÃO – PRESIDENTE DE UNIÃO DE FREGUESIAS “MATOSINHOS E LEÇA DA PALMEIRA”, PERGUNTA AO SR. MINISTRO INFRAESTRUTURAS E HABITAÇÃO

XIV LEGISLATURA | Avaria na Ponte Móvel, Construção de uma Terceira Travessia Alargamento da A28: pergunta dirigida ao Ministro das Infra-estruturas e Habitação.

Hoje, na sequência da recente avaria da Ponte Móvel de Leça, tive a oportunidade de questionar o Sr. Ministro das Infraestruturas e Habitação, a propósito dos futuros “investimentos naquela estrutura”, bem como da viabilidade de “construção de uma terceira travessia” e “alargamento da A28”.

Reivindicações antigas, várias vezes abordadas e até incorporadas em deliberações nos órgãos autárquicos locais, hoje, mais do que nunca, com a interdição da circulação na ponte móvel durante os próximos quinze dias (segundo informação da APDL), urge recuperar esse debate e definir a estratégia e encontrar soluções.

As pessoas não podem ficar “isoladas” e passar por autênticos “infernos de trânsito” para irem para os seus postos de trabalho ou, como se verificará na próxima semana, levar os seus filhos às escolas.

Serão quinze dias muito complicados para quem reside nesta Cidade, com o caos no trânsito e a falta de alternativas.

Por tudo isto, recordo as palavras do saudoso presidente Guilherme Pinto: “o Porto de Leixões tem que saber viver com a Cidade, numa sã convivência e a Cidade também terá que se adaptar às transformações do Porto”.

__________________________________________________

PERGUNTA AO SR. MINISTRO INFRAESTRUTURAS E HABITAÇÃO

“Avaria na Ponte Móvel de Leixões: necessidade de uma terceira travessia e alargamento da A28”

A Ponte Móvel de Leça, estrutura basculante, da responsabilidade da APDL – Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo, SA, assegura a travessia entre as margens do Porto de Leixões, designadamente, a circulação rodoviária e pedonal entre Leça da Palmeira e Matosinhos.

Desde a sua inauguração, em 2007, têm sido vários os momentos em que a circulação automóvel e de peões tem sido interditada devido a avarias e subsequentes intervenções de manutenção.

Resultante dos supracitados “encerramentos da ponte móvel a peões e veículos”, muitas vezes por várias semanas ou meses (2013 – cerca de dois meses; 2014 – uma semana; 2018 – várias semanas; 2019 – cerca de um mês) a saída de Leça da Palmeira para Sul, através da A28/ponte alternativa e o acesso à A28 a partir do centro de Matosinhos geram profundos constrangimentos aos residentes e aos milhares de cidadãos que, diariamente, vindos de Norte, recorrem aquela plataforma viária para se deslocarem para os seus postos de trabalho nos Concelhos limítrofes..

Assim, considerando que:

a) no pretérito dia 08 de Setembro, foi registada uma nova avaria na ponte móvel;

b) face a esse novo encerramento da circulação pela ponte móvel, a APDL recomendou e desviou o trânsito para a A28, única saída direta de Leça da Palmeira para Matosinhos, para o Porto e demais Concelhos limítrofes;

c) diariamente, existem graves constrangimentos de tráfego, especialmente, de manhã e ao final do dia, com particular incidência a norte de Leça da Palmeira e a rotunda AEP;

d) as populações não podem ficar “isoladas” sempre que a ponte móvel avariar, nem impossibilitadas ou bastante dificultadas nos seus movimentos pendulares laborais diários;

Face ao exposto, e ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, solicita-se ao Governo que, por intermédio do Ministro das Infraestruturas e Habitação, sejam respondidas as seguintes perguntas:

1. Está previsto algum investimento ao nível da conservação e manutenção preventiva da ponte móvel, que garanta uma maior fiabilidade daquele equipamento, evitando futuros imprevistos e prolongadas avarias?

2. Existem condições para que seja ultimado um estudo e executado o alargamento da A28, designadamente, entre Matosinhos (saída do viaduto da A28) e a rotunda AEP?

3. Qual a viabilidade de construção de uma terceira travessia, por forma a libertar o afluxo excessivo de trânsito na Ponte Móvel de Leça e Ponte/Viaduto na A28?

PEDRO SOUSA

(GPPS)

Lisboa, 10 Setembro 2020

O que acha?

Heitor Ramos

Read Previous

Matosinhos-vai-comparticipar-contratos-de-500-fogos-para-renda-acessível-ate-2025.-AL-entra-no-pacote-1

Read Next

RÁDIO MATOSINHOS ONLINE, COM RUI FERREIRINHA E “SÁBADOS COM BAILE”

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *