Germano Pinho. O presidente, o Padroense e a sua ligação à comunidade matosinhense

Germano Fernandes Pinho, nascido em Vila Nova de Gaia e residente há muitos anos no Padrão da Légua concelho de Matosinhos, prestigiado dirigente desportivo é um homem profundamente dedicado ao clube do seu coração: Padroense Futebol Clube.

Este popular clube fundado em 1922 teve ao longo da história presidentes, diretores e associados que muito contribuíram para o seu engrandecimento. Nas últimas décadas coube a vez ao presidente Germano Pinho dar ao clube o seu precioso contributo.

O Padroense foi crescendo e é hoje uma referência incontornável do desporto matosinhense: centenas de jovens beneficiam, diariamente da prática desportiva num complexo desportivo que lhes proporciona excelentes condições de trabalho.

Esta ascensão vertiginosa do Padroense, tanto no plano desportivo como no patrimonial resulta duma rigorosa gestão, sentido do dever e aturado trabalho de toda uma direção a que Germano Pinho tem o privilégio de presidir.

Mas, Germano não é apenas um homem talhado para dirigir coletividades desportivas.

Esta seria, por si só uma boa razão para a singela homenagem que lhe fazemos nas nossas páginas oficiais: facebook e Site. Mas, há mais.

É esta a nossa missão: divulgar o que de bom para a comunidade matosinhense, em todos os domínios vai acontecendo, nomeando os responsáveis pelo progresso e desenvolvimento que nos trazem.

Para que a população os conheça, os avalie, lhes faça sentir que estamos atentos aos seus desempenhos e – se for caso disso – lhes demonstre a gratidão e o apreço devidos.

Germano Pinho é, sobretudo um homem de coragem. E de fé. E de esperança.

Numa altura em que não é fácil para ninguém evitar a angústia perante os mistérios do futuro, o medo que tanto nos esforçamos por manter subterrâneo emerge inesperadamente e regressa à tona, como um cachalote, para respirar, o presidente Germano nem precisa de arpão.

Demonstrou-o através de um comunicado oficial, enquanto presidente do Padroense, estava o mês de março praticamente no fim:

“Neste momento tão difícil que vivemos” – pode ler-se no referido documento – “quero deixar a todos uma palavra de ânimo, confiança e certeza de que, com maior ou menor dificuldade, retomaremos em breve, o caminho do futuro”.

E, mais tarde, na página pessoal Germano Pinho, revela-se como homem de fé e esperança, ao dar-nos conta de mais uma das suas preferências musicais escrevia:

“Em quarentena SIM, mas deixemos soltar um grito de força, ânimo, crença e magia que este fantástico tema musical nos transporta. Vêm aí dias melhores. Temos que acreditar. EU ACREDITO”.

Não ficaria completo este despretensioso texto se não trouxéssemos aqui uma reflexão que o momento atual justifica:

Germano Pinho, enquanto pai, não pôde contravir à lei da natureza, segundo a qual cada ser dá origem a outro ser que lhe seja semelhante.

E em abono deste pensamento, que melhor prova do que ter dado um filho que, na esteira do seu honrado progenitor honra a família e os munícipes com um desempenho e dinamismo jamais vistos na área do desporto matosinhense?

Exatamente: Vasco Pinho.

Pois, o doutor Vasco Pinho, administrador da Matosinhos-Sport mostra bem os valores e os princípios recebido no berço.

Parabéns presidente Germano Pinho!

Parabéns doutor Vasco Pinho!

A direção RMO

O que acha?

Heitor Ramos

Read Previous

Correia Pinto Competente como autarca: os presidentes têm-no integrado nas suas equipas de trabalho.

Read Next

Germano Pinho O presidente, o Padroense e a sua ligação à comunidade matosinhense

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *