Futebol e Matemática de mãos dadas


O futebol é um jogo de paixões. A matemática é uma área fundamental para o desenvolvimento do jogo de futebol. As regras deste desporto foram desenhadas tendo em conta a matemática mais simples. Desde Pitágoras, passando por retas e segmentos de reta, pela esfera que dá sequência à bola de futebol, os planos tão importantes num jogo que é jogado a três dimensões por causa do fora-de-jogo foram alguns dos temas abordados na Escola Secundária João Gonçalves Zarco, em Matosinhos.
Uma plateia cheia de alunos curiosos e com um comportamento exemplar, do Curso Profissional Técnico de Desporto, do 10º e 12º anos, estes mais de 70 alunos quiseram aprender algo mais sobre o futebol e a arbitragem. Joaquim Fontoura, professor da escola convidou para realizar esta palestra o matemático Carlos Marinho que explicou de uma forma simples como é que a matemática está na base do futebol. Carlos Marinho teve ajuda para dar esta “aula” de dois ilustres elementos ligados ao futebol. Por um lado, o mais consagrado árbitro assistente português de futebol, o internacional Rui Licínio que de uma forma simples explicou aos presentes a paixão que tem pela arbitragem e a forma como se prepara diariamente com o seu chefe de equipa o árbitro internacional e o melhor português da atualidade Artur Soares Dias. A alimentação, o treino, o estudo, as viagens, as leis do jogo, os jogos nacionais e internacionais, como o árbitro gere o erro entre outros aspetos foram focados neste evento. Do outro, Adelino Costa, diretor geral da Rádio Matosinhos Online e outrora árbitro de futebol em França, nos anos 80, uma faceta na sua carreira que muitos desconhecem.
Carlos Marinho referiu que “é um gosto estar nesta escola. Falar de matemática e futebol é muito bom. A matemática está na base deste jogo. Ensinar desta maneira positiva é bom para todos. Ter nesta aula o Rui Licínio e o Adelino Costa é um grande privilégio. Agradeço à escola o convite, ao diretor José Ramos e ao professor Joaquim Fontoura. Gostei muito.”
Por seu lado, Rui Licínio disse que “a arbitragem é uma paixão, o trabalho que desenvolvo diariamente faz com que esteja melhor preparado para enfrentar as dificuldades de um jogo. O trabalho em equipa é fundamental para os árbitros. Gostei muito de estar nesta escola.”
Adelino Costa referiu que “gostei muito de estar nesta aula com o professor Carlos Marinho, poder dar o meu contributo para ajudar estes alunos foi fantástico. É uma iniciativa que gostaria muito de repetir. Este tipo de iniciativas devia fazer-se mais nas nossas escolas.”
Noventa minutos de uma aula diferente onde alunos e professores perceberam onde está a matemática, os números, a geometria, a álgebra e, claro a probabilidade. Por falar em probabilidade, é bem provável que depois destas explicações o futebol se torne mais simples e bonito para quem presenciou “a Geometria explica o Futebol” na Escola Secundária Gonçalves Zarco, em Matosinhos.

O que acha?

Heitor Ramos

Read Previous

Primavera mais animada no comércio tradicional de Matosinhos

Read Next

Passeio Cultural Sénior a Viana do Castelo

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *